segurança

PJ faz buscas na GNR por suspeitas de "favores" a areeiros em situação ilegal

PJ faz buscas na GNR por suspeitas de "favores" a areeiros em situação ilegal

Foi a própria Guarda que denunciou as suspeitas sobre eventuais favorecimentos a empresários da extração de areia por parte de militares do Comando de Aveiro que levaram a Polícia Judiciária a realizar buscas em casa de vários guardas, mas também no quartel.

O JN apurou que este processo envolve militares do SEPNA-Serviço de Proteção da Natureza e do Ambiente da GNR e está relacionado com extração de areias na região de Aveiro. Há suspeitas de que poderiam receber dinheiro de empresários de extração de inertes, em situação ilegal, para não fiscalizarem essas extrações. Foram feitas buscas em casa de vários militares. Três deles terão sido constituídos arguidos.

Em causa estarão então crimes de denegação de justiça e favorecimento, mas a investigação da PJ poderá ainda estabelecer situações de eventuais corrupção.

O JN sabe que a denúncia às entidades competentes partiu da própria GNR que recebeu informações de ilegalidades cometidas pelos industriais, com a conivência de militares.

Imobusiness