segurança

Saiu da prisão e fez mais de 15 assaltos no último mês

Saiu da prisão e fez mais de 15 assaltos no último mês

Um cadastrado, de 32 anos, saiu da cadeia e não perdeu tempo a retomar a sua antiga carreira: é suspeito de mais de 15 assaltos, no último mês, em Braga. Em dois dos furtos, num ginásio, foi filmado com um comparsa.

O fim do trajeto criminoso da dupla, de 32 e 30 anos, ocorreu quando o cadastrado foi apanhado, em flagrante, a furtar candeeiros na empresa América Iluminações, anteontem à noite. "Partiu a porta, entrou e levou quatro candeeiros no valor de 800 euros", disse, ao JN, uma funcionária daquela empresa instalada no parque industrial de Sequeira (Braga), localidade onde o cadastrado reside.

A GNR, após a sua captura, fez várias diligências e foi deter o comparsa ao Bairro de Santa Tecla, também em Braga. "Desde meados de maio que houve uma aumento de furtos na zona sul da cidade de Braga", confirmou, ao JN, fonte da GNR, lembrando que, com a intervenção do Núcleo de Investigação Criminal (NIC), acabaram com os furtos do duo que aterrorizaram os comerciantes.

Standes de automóveis - casos da Mitsubshi Motors e Confiauto -, ginásios, vidrarias e agências de seguro, estavam a ser "limpos" pelo duo.

Numa operação do NIC, os militares conseguiram apanhar em flagrante o indivíduo mais velho na zona empresarial de Sequeira a roubar candeeiros.

Após a detenção na fábrica de candeeiros, a GNR fez buscas e apreendeu um BMW e, numa residência, 17 chaves de automóveis (com código) furtadas na Mitsubishi Motors.

"Ainda apreendemos um Nissan Qashqai com o ladrão", disse fonte da GNR de Braga, que recuperou, desde o início da operação, mais cinco carros roubados pelo duo, dois dos quais de stands. Com um deles, com zero quilómetros, arrombaram uma vidraria, que assaltaram.

Os assaltos, segundo fonte policial, causaram prejuízos de cerca de 200 mil euros.

Um dos indivíduos foi presente ontem ao Tribunal de Braga e hoje será presente o outro.