homicídio

Suspeito de balear a mulher e o filho será presente a tribunal amanhã

Suspeito de balear a mulher e o filho será presente a tribunal amanhã

O suspeito de ter baleado a mulher e um rapaz, no domingo em Beja, vai ser presente na terça-feira de manhã ao Tribunal Judicial da cidade para aplicação de medidas de coação, revelaram, esta segunda-feira, fontes policiais.

O homem, que vai ser interrogado por uma juíza de instrução criminal, é suspeito de dois crimes de homicídio na forma tentada e de posse de armas proibidas, indicaram as mesmas fontes.

O homem, de 46 anos suspeito da tentativa de homicídio da mulher e do filho, ocorrida cerca das 13.30 horas deste domingo em Beja, foi detido domingo à noite, à porta de uma pensão, em Beja, onde estava hospedado com nome falso.

Por razões ainda desconhecidas o indivíduo disparou sobre a mulher e o filho, de 14 anos, que foram transportados para o Hospital de Beja em estado muito grave.

O indivíduo fugiu a pé do local do crime, na rua de Afonso de Albuquerque, junto à Casa da Culura, pelas ruas da cidade, ao que tudo indica em direção à sua viatura estacionada numa artéria próxima.

O homem, de 46 anos, foi encontrado por uma patrulha da PSP de Beja junto a uma pensão da cidade, onde estava hospedado com nome falso, e entregue à PJ, que procedeu à detenção.

O suspeito foi "apanhado de surpresa" pouco depois das 20:00 por elementos da Esquadra de Investigação Criminal da Polícia de Beja.

De acordo com fontes policiais citadas pela Agência Lusa, a polícia apreendeu duas armas na posse do homem, uma delas na pensão. A outra, uma pistola, terá sido a utilizada pelo suspeito e estava escondida numa casa de banho pública.

Ambas as armas foram entregues aos inspetores da PJ.

O JN apurou que, apesar de gravemente ferida, a mulher conseguiu informar os agentes da PSP de quem teria sido o autor dos disparos.

De imediato, elementos da Esquadra de Investigação Criminal (EIC) apoiados por patrulhas da Brigada de Intervenção Rápida (BIR) da polícia moveram uma caça ao homem e montaram um esquema de vigilância nas saídas da cidade com o objetivo de deter o presumível autor dos disparos.

No local a socorrer as vítimas estiveram seis elementos dos Bombeiros Voluntários de Beja apoiados por duas ambulâncias e a Viatura Médica de Emergência e Reanimação estacionada no Hospital.

ver mais vídeos