Crime violento

Menor suspeito em morte de adolescente fica em regime fechado

Menor suspeito em morte de adolescente fica em regime fechado

O menor suspeito de ser coautor do homicídio de um rapaz de 17 anos, na zona de Odivelas, vai ficar à guarda de um centro educativo em regime fechado, divulgou a Procuradoria-Geral Distrital de Lisboa.

A medida cautelar diz respeito ao homicídio de um jovem de 17 anos, ocorrido no passado dia 26 de fevereiro, nos armazéns abandonados do sítio de Senhor Roubado, em Odivelas, na comarca de Loures.

O alegado coautor do homicídio ainda não completou os 16 anos - idade para ser responsabilizado criminalmente -, estando por isso sujeito à Lei Tutelar Educativa (LTE).

A Procuradoria-Geral Distrital de Lisboa (PGDL) adianta que, no âmbito do Inquérito Tutelar Educativo, realizou-se na terça-feira o primeiro interrogatório judicial do menor, na sequência do cumprimento de mandados de detenção fora de flagrante delito, requeridos pelo Ministério Público (MP).

O inquérito relativo ao coautor menor prossegue nos serviços do MP no Tribunal de Família e Menores de Loures, diz ainda a PGDL.

Um outro jovem de 19 anos ficou na semana passada em prisão preventiva por autoria de homicídio.

Na altura, a PGDL referiu que "o caso suscita grande repercussão social, quer pela violência do ato - esmagamento da cabeça e incêndio do corpo - quer pela circunstância de os envolvidos serem todos muito jovens, seja a vítima, seja os dois perpetradores" do crime.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG