segurança

Morreu o forcado esfaqueado em rixa com mais 60 pessoas em Álcacer do Sal

Morreu o forcado esfaqueado em rixa com mais 60 pessoas em Álcacer do Sal

José Maria Cortes, de 29 anos, esfaqueado numa rixa, em Alcácer do Sal, não resistiu aos ferimentos e morreu, esta quinta-feira.Foi esfaqueado junto ao coração, na madrugada de domingo.

O forcado de Montemor-o-Novo foi esfaqueado no coração, durante a rixa que envolveu mais de 60 pessoas, na madrugada de domingo, durante a feira de Pimel.

José Maria Cortes era jogador de râguebi, no Agronomia, o que motivou manifestações de pesar da equipa, amigos e da seleção nacional da modalidade.

"A noticia da morte do Ze Maria Cortes deixou-nos a todos, aqui em Moscovo, muito comovidos e gostaríamos de nos associar, neste momento de grande dor, ao sofrimento da sua família e dos seus muitos amigos", disse, em comunicado, o presidente da Federação Portuguesa de Râguebi, Carlos Amado da Silva.

"Perdemos mais um dos nossos. Que descanse em paz. Não o esqueceremos", acrescentou Carlos Amado da Silva, que está na capital russa com a seleção nacional para o Mundial de Sevens, que arranca amanhã.

José Maria Cortes estava internado no Hospital de Santa Maria, em Lisboa, depois de ter sido submetido a uma cirurgia no Hospital do Litoral Alentejano, em Santiago do Cacém.

Segundo a GNR, os desacatos, cuja origem as autoridades desconhecem, começaram cerca das 5.45 horas de domingo, após uma garraiada, e alastrou a vários pontos do recinto da feira, envolvendo mais de 60 pessoas, incluindo forcados e populares.

PUB

Dos oito feridos ligeiros, um é militar da GNR.

A 23.ª edição da Pimel, Feira do Turismo e das Atividades Económicas, organizada pela Câmara Municipal de Alcácer do Sal, terminou na segunda-feira.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG