pirotecnia

Mulher detida por posse ilegal de produtos explosivos

Mulher detida por posse ilegal de produtos explosivos

A PSP deteve uma mulher por posse ilegal de produtos explosivos durante uma operação nacional em que foram fiscalizadas 23 empresas de pirotecnia.

Em comunicado, a Polícia de Segurança Pública adianta que, ao longo de dois dias, 15 polícias do Departamento de Armas e Explosivos, apoiados por seis viaturas, realizaram nos distritos de Porto, Braga, Aveiro, Viseu e Guarda, a operação nacional, denominada PYROT, tendo fiscalizado 23 locais, a maioria pirotecnias e estanqueiros.

Segundo a PSP, os locais fiscalizados tinham ficado com os alvarás e autorizações revogados em 2014, pretendo a Polícia confirmar que as atividades de fabrico e comércio tinham cessado e as instalações estavam inativas.

Além da mulher detida por posse ilegal de produtos explosivos, a PSP registou também três infrações, das quais duas são contraordenações e uma de natureza criminal.

A PSP apreendeu ainda 949 artigos de pirotecnia, 369 detonadores, 30 metros de rastilho, 45 ligadores e 0,2 quilogramas de pólvora.

Outras Notícias