O Jogo ao Vivo

segurança

Preso italiano que arruinou empresários portugueses

Preso italiano que arruinou empresários portugueses

O italiano Aldo Pietro Ferrari burlou pelo menos 70 empresários portuguseses com falsos empréstimos. Deixou alguns na ruína. Ferrari foi preso em Itália.

O burlão foi detido na cidade de Parma pela Polícia italiana, em finais do mês passado, no cumprimento de um mandado europeu de detenção emitido pelas autoridades portuguesas. Aldo Pietro Ferrari, 66 anos, está em prisão domiciliária à espera de ser trazido para responder perante a Justiça portuguesa, mas tem também inúmeros processos na Europa por fraude.

Ferrari está indiciado pelas autoridades portuguesas por fraude qualificada, burla agravada e associação criminosa. Uma investigação da Unidade Nacional de Combate à Corrupção (UNCC) da Polícia Judiciária (PJ) cifra em cerca de 150 milhões de euros as fraudes de que foram vítimas, desde 2008, pelo menos 70 empresários no nosso país, enganados num esquema de falsos empréstimos.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG