Crime

Prisão preventiva para suspeito de ter matado mulher em Lousada

Prisão preventiva para suspeito de ter matado mulher em Lousada

O Tribunal do Marco de Canaveses, no distrito do Porto, decretou a prisão preventiva do homem de 39 anos suspeito de ter matado, na quinta-feira, uma mulher de Lousada com vários golpes de arma branca.

De acordo com fonte judicial, o arguido não prestou declarações perante o juiz de instrução criminal.

O arguido também está indiciado por, no mesmo incidente, ter alegadamente ferido com arma branca um homem de 35 anos. Aquela vítima foi internada no Hospital Padre Américo, em Penafiel, não correndo perigo de vida, segundo fonte daquela unidade de saúde.

Os factos ocorreram na rua do Costa, cerca das 9:30 de quinta-feira.

Após o incidente, o suspeito pôs-se em fuga, acabando por entregar-se, horas depois, no posto de Paredes da GNR.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG