O Jogo ao Vivo

segurança

Professor detido por abuso sexual proibido de frequentar escola

Professor detido por abuso sexual proibido de frequentar escola

Um professor de uma escola de Leiria foi detido pela Polícia Judiciária por suspeita de abusar sexualmente de uma menor, de 13 anos, que será aluna do estabelecimento de ensino onde dá aulas. Juiz proibiu-o de frequentar a escola e contactar a vítima.

O juiz de instrução criminal determinou que o arguido aguardasse em liberdade o desenvolvimento do inquérito, condicionada ainda a apresentações diárias em posto policial da área da residência, disse fonte da PJ.

O professor foi detido, juntamente com um jovem de 20 anos, por suspeita de terem abusado sexualmente da mesma criança. O estudante de 20 anos está igualmente "proibido de contactar a vítima e tem de se apresentar quinzenalmente no posto policial", adiantou a fonte.

Em comunicado, a PJ explicou que os arguidos, solteiros e sem antecedentes criminais, terão praticado vários crimes de abuso sexual de crianças sobre uma vítima 13 anos.

À agência Lusa, fonte da PJ explicou que "ambas as detenções ocorreram na quarta-feira" e que os detidos "são do mesmo estabelecimento de ensino".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG