segurança

Suspeito de esfaquear idoso em Cal de Bois fica em prisão preventiva

Suspeito de esfaquear idoso em Cal de Bois fica em prisão preventiva

Tiago Jorge, o homem de 33 anos que é suspeito de ter esfaqueado um idoso de 79 anos, no passado dia 23 de agosto, em Cal de Bois (Alijó), vai aguardar julgamento em prisão preventiva.

A medida de coação foi aplicada pelo Tribunal de Alijó, esta terça-feira à tarde, depois de o suspeito ter sido interrogado por um magistrado.

Tiago Jorge foi detido pela GNR de Alijó, ao final da tarde de segunda-feira, próximo da aldeia vizinha de Ribalonga, depois de andar mais de uma semana em fuga.

A detenção ocorreu depois de o indivíduo ter ido pedir ajuda a José Maria Moutinho, de 66 anos, que vive nas imediações da aldeia de Ribalonga, junto à Estrada Nacional 212. O fugitivo estava ferido numa perna, andava de canadianas, e precisava de cuidados médicos.

Alertados para o facto de se tratar do homem que andava a ser procurado pelas autoridades, os bombeiros deram conhecimento à GNR, que pouco depois procederam à detenção. Tiago Jorge foi encaminhado para o hospital de Vila Real, já sob custódia da Polícia Judiciária.

Os habitantes de Cal de Bois ficam agora mais descansados, depois de viverem durante mais de uma semana em sobressalto e com medo que Tiago Jorge voltasse para cumprir as ameaças que terá feito a várias pessoas daquela pequena aldeia.

A vítima do esfaqueamento do dia 23 de agosto, Virgílio Monteiro, de 79 anos, já teve alta hospitalar e encontra-se em casa a recuperar dos vários ferimentos. Segundo a família está ainda muito abalado e vivia com medo que o indivíduo voltasse para o matar.

O suspeito tem um passado ligado ao consumo de drogas e tinha o hábito de ameaçar as pessoas da aldeia. Já tinha sido acusado de agressão por um vizinho em janeiro deste ano, mas o caso foi arquivado.