segurança

Talho do árbitro do jogo F.C. Porto-Marítimo vandalizado esta noite

Talho do árbitro do jogo F.C. Porto-Marítimo vandalizado esta noite

O talho do árbitro Manuel Mota, em S. Martinho de Sande, Guimarães, foi apedrejado, na noite de sábado para domingo. As montras foram partidas com dezenas de pedras. A GNR esteve no local e vedou o acesso ao estabelecimento comercial.

O árbitro esteve, esta manhã, no talho de que é proprietário mas não prestou declarações. Junto ao estabelecimento estava ainda um saco de plástico cheio de pedras que não terão sido usadas, ao que tudo indica, porque os vizinhos alertaram as autoridades cerca da uma hora da manhã.

Manuel Mota arbitrou, no sábado à noite, o jogo F. C. Porto-Marítimo, para a Taça da Liga, que o FCP venceu com um penálti marcado no último minuto da partida. Com a vitória portista, o Sporting ficou afastado das meias-finais da Taça da Liga e Bruno Carvalho, presidente sportinguista, teceu fortes criticas ao árbitro.

Manuel Mota é proprietário de vários talhos no Minho, um dos quais em Vila Verde, que também foi alvo de atos de vandalismo após o jogo que o Sporting empatou em casa com o Nacional da Madeira.

Na altura, na parede do talho apareceu pintada a frase "Mota lampião, não prejudiques o leão".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG