segurança

Usava métodos policiais para assaltar clientes de bancos

Usava métodos policiais para assaltar clientes de bancos

Um indivíduo com 51 anos foi detido pela PSP de Cascais, suspeito de seguir e assaltar clientes de bancos, depois de estes fazerem os levantamentos de maior vulto, segundo adiantou o Comando da PSP de Lisboa. O suspeito chegava a usar métodos policiais para evitar ser detetado.

Os casos começaram a ocorrer em Outubro de 2011, na sequência de queixas por parte de vítimas de assaltos, que tinham dois elementos comuns: tinham acabado de fazer levantamentos e o dinheiro estava sempre no carro em que se faziam deslocar.

Os assaltos tinham ocorrido nas zonas de Cascais, Oeiras e Sintra e o indivíduo vigiava as vítimas antes de proceder aos roubos, uma vez que nem todos clientes dos bancos lhe interessavam.

Depois seguia as vítimas na sua própria viatura e logo que estas faziam uma qualquer paragem e se ausentavam do carro, deixando o dinheiro no interior, aproveitava e arrombava os veículos, furtando o dinheiro.

Outras vezes, provocava furos nos carros das vítimas, após o que aparecia manifestando interesse em ajudar e aproveitava uma distração para cometer o crime.

No entanto, o indivíduo tinha um especial cuidado nas deslocações e mantinha-se atento a qualquer seguimento. Segundo a PSP, o suspeito chegava a fazer "manobras de contra-vigilância e seguimento, habitualmente utilizadas pelas forças de segurança", o que dificultava a investigação.

Nas buscas domiciliárias em Lisboa, Ericeira e Fernão Ferro, a PSP encontrou ferramentas próprias para o arrombamento de viaturas, assim como outros elementos que o associam aos assaltos.

PUB

A PSP alerta para que os cidadãos tenham o máximo de cuidado no levantamento e transporte de dinheiro e atenção a quem possa estar a vigiá-los, para impedir a propagação deste tipo de modus operandi.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG