Redes sociais

Agressoras de adolescente já identificadas

Agressoras de adolescente já identificadas

O vídeo foi rapidamente retirado do Facebook e do Youtube, mas não a tempo de o país deixar de assistir a uma cena de selvajaria: duas adolescentes espancam uma terceira, três ficam a ver e outro filma e põe a circular na Internet. A PSP deverá ouvir a vítima e a mãe, esta quarta-feira, para confirmar a identidade do autor do vídeo.

O caso está nas mãos da PSP e do Departamento de Investigação e Acção Penal (DIAP) da Procuradoria-Geral da República, que já identificaram o nome do autor do vídeo: um jovem de 18 anos que já andou na Escola Padre Alberto Neto, em Queluz, onde a vítima da agressão frequenta o 8.º ano. O Tribunal de Menores também está a acompanhar o caso, uma vez que envolve jovens menores de 16 anos, também identificadas, terça-feira à tarde. Nenhuma delas frequenta a escola.

*Com Susana Otão e carlos Varela

Ler mais na versão e-paper ou na edição impressa