Nasa

Cápsula "Dragon" partiu com sucesso para a segunda missão

Cápsula "Dragon" partiu com sucesso para a segunda missão

A cápsula espacial não tripulada "Dragon", da empresa norte-americana privada SpaceX, partiu, esta segunda-feira, numa missão de abastecimento para a Estação Espacial Internacional.

O lançamento foi efetuado a partir de Cap Canaveral, na Florida, às 20.35 horas de domingo (01.35 horas desta segunda-feira em Portugal continental), segundo imagens em direto transmitidas pela televisão da NASA.

A "Dragon" deverá chegar à Estação Espacial Internacional (EEI) na próxima quarta-feira e voltar à Terra no dia 28 de outubro.

Esta será a segunda visita da "Dragon" à Estação Espacial Internacional depois do lançamento realizado com sucesso a 22 de maio na Florida, pelo foguetão "Falcon 9".

A NASA encerrou no fim do ano passado, após três décadas, o seu programa de vaivéns espaciais, que sustentou a construção, abastecimento e troca de tripulações na EEI, um projeto superior a 1000 milhões de dólares (cerca de 1300 milhões de euros), no qual participaram 16 nações.

A empresa SpaceX, com sede em Hawthorne (Califórnia), recebeu um contrato de 1600 milhões de dólares do programa de Serviços de Transportes de Órbita Comerciais (COTS, em inglês) da NASA, para o fabrico da cápsula Dragon e 12 missões de aprovisionamento da EEI, uma vez que se completaram os voos de ensaio.

A NASA também concedeu contratos à empresa à "Orbital Sciences Corp.", en Dulles (Virgínia), para o fabrico de uma nave capaz de transportar materiais para a EEI, como parte de um plano para contratar os serviços do sector privado para este tipo de missões.

Tanto a NASA como a SpaceX esperam que a cápsula não tripulada possa servir para o envio de alimentos, água e outros materiais para a EEI. A SpaceX espera, além disso, que no futuro possa também transportar astronautas a bordo do Dragon.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG