Sociedade

Casamento e divórcio provocam aumento de peso

Casamento e divórcio provocam aumento de peso

Tanto o casamento como o divórcio desencadeiam aumento de peso, mas são as mulheres recém-casadas as que têm maior probabilidade de ganhar grandes quantidades de peso, concluiu uma investigação da Universidade de Ohio, nos EUA.

O estudo realizado a mais de 10 mil pessoas indica que, dois anos depois de iniciar ou terminar um casamento, o risco de ganhar peso é elevado.

Mulheres recém-casadas têm maior probabilidade de ganhar grandes quantidades de peso. Os investigadores da Associação Americana de Sociologia da Universidade de Ohio, nos EUA, que monitorizaram casais desde 1986 até 2008, relacionaram o índice de massa corporal com o estado civil dos casados e divorciados e compararam os valores com aqueles que já eram casados ou solteiros.

Mesmo depois de ajustados os valores normais de cada pessoa relativos à saúde, educação, emprego, pobreza ou gravidez, ainda existe um risco elevado de ganho de peso associado ao casamento e divórcio, avança a BBC.

A Fundação de Nutrição Britânica revelou ainda que nas mulheres, o casamento apresenta um risco de ganho de peso de 48% enquanto que o divórcio tem um risco de 22%. Nos homens, o casamento apresenta um risco de 28% frente aos 21% do divórcio.

"Todas as transições conjugais actuam como um 'choque', incentivando os ganhos de peso, independentemente do destino do estado civil", concluiu o relatório, segundo Dmitry Tumin, autor da pesquisa.

"Estas são mudanças significativas na vida de alguém. Podem desencadear alterações na situação de vida e no tipo de alimentos que se consomem", afirmou Helen Riley da Fundação de Nutrição Britânica.

Outros Artigos Recomendados