Sociedade

Chuva e vento forte provocam inundações e quedas de árvores no Alentejo

Chuva e vento forte provocam inundações e quedas de árvores no Alentejo

O mau tempo que se registou durante a tarde e princípio da noite no Alentejo, provocou sete inundações e 25 quedas de árvores e indirectamente um ferido ligeiro resultante de um desabamento, disseram fontes dos bombeiros.

Segundo as mesmas fontes, não foi registada qualquer situação grave, apesar da chuva e do vento forte.

Fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Évora adiantou que no distrito foram registadas nove quedas de árvores e uma inundação na via pública, em Reguengos de Monsaraz.

De acordo com o CDOS de Évora, um operário de construção civil sofreu ferimentos ligeiros na sequência do desabamento de uma parede nas obras em curso na escola secundária de Arraiolos.

No distrito de Beja, disse fonte do CDOS, ocorreram seis inundações em habitações e vias públicas -- Beja, Vidigueira e Castro Verde e três em Odemira -- e o vento forte provocou a queda de três árvores.

Já no distrito de Portalegre, o CDOS respectivo adiantou que os bombeiros foram chamados para remover 13 árvores caídas.

Outras Notícias