Sociedade

Crise está a deixar milhares de famílias sem água em casa

Crise está a deixar milhares de famílias sem água em casa

Milhares de famílias estão a deixar de ter água canalizada em casa por falta de pagamento. A DECO revela que é cada vez mais contactada para resolver problemas relacionados com o corte do serviço básico.

Há cada vez mais faturas em atraso que separam as águas. As dificuldades económicas dos portugueses estão a levá-los a prescindir, em muitos casos, de bens essenciais, como a água canalizada. Segundo os dados obtidos pelo "Jornal de Notícias", o fechar das torneiras aumentou, mais ou menos consoante as regiões, por parte dos serviços municipais e das empresas que gerem o sistema. Só em seis cidades, Viana do Castelo (800), Braga (213), Aveiro (200), Lisboa (1027), Coimbra (300) e Olhão (365), há perto de 3000 famílias que todos os meses ficam sem água.

Leia mais na edição e-paper ou na edição impressa

Outras Notícias