Sociedade

Doze concelhos sob risco máximo de incêndio

Doze concelhos sob risco máximo de incêndio

Doze concelhos dos distritos da Guarda, Viseu, Coimbra, Leiria e Castelo Branco estão hoje sob risco máximo de incêndio, apesar da previsão da descida de temperaturas, informou o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

De acordo com o IPMA, sob risco máximo de incêndio estão os concelhos de Sabugal, Guarda, Celorico da Beira, Fornos de Algodres, Aguiar da Beira e Trancoso (Guarda), Sernancelhe (Viseu), Arganil, Góis e Pampilhosa da Serra (Coimbra), Pedrógão Grande (Leiria) e Oleiros (Castelo Branco).

O risco de incêndio determinado pelo IPMA engloba cinco níveis, variando entre reduzido e máximo.

O cálculo é feito com base nos valores observados às 13:00 de cada dia da temperatura do ar, humidade relativa, velocidade do vento e quantidade de precipitação ocorrida nas últimas 24 horas.

Na quinta-feira, a Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) registou 109 incêndios que foram combatidos por 1720 operacionais, com o auxílio de 458 veículos.

A ANPC dava conta, às 7 horas, na sua página da Internet, de que o incêndio, que deflagrou na terça-feira às 13.47 horas, em Alfândega da Fé, distrito de Bragança, que chegou a ter seis frentes ativas e sofreu várias reativações, está dominado desde as 18 horas de quinta-feira, encontrando-se em fase de rescaldo.

De acordo com a ANPC, os trabalhos de consolidação e rescaldo deste incêndio, que chegou a atingir quatro concelhos, estão muito demorados, encontrando-se no local 856 operacionais, apoiados por 180 veículos.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG