Sociedade

Autarca de Espinho "tranquilo" com fecho de dez escolas

Autarca de Espinho "tranquilo" com fecho de dez escolas

O presidente da Câmara de Espinho classificou, esta terça-feira, como "tranquila" a medida, "há muito prevista", de fecho de dez escolas do ensino básico no concelho, admitindo que a sua concretização será atrasada em três situações.

Em causa estão as escolas do Calvário, da Marinha e da Quinta da Seara, em Silvalde, cujos alunos, professores e auxiliares não poderão ser transferidos a tempo -- de início do próximo ano letivo - para o novo centro escolar da freguesia, por a sua construção não estar concluída antes do início das aulas.

"As mudanças anunciadas pelo Ministério da Educação são tranquilas porque representam a concretização da nossa carta educativa e a reorganização da nossa rede escolar do ensino básico, tal como estava previsto há muito tempo", disse Pinto Moreira à agência Lusa.

O autarca acrescentou que "o que ainda não é 100% certo é que o Centro Escolar de Silvalde venha a estar concluído no início do próximo ano letivo".

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG