Sociedade

Crato diz que até quarta-feira chegam às escolas 800 docentes

Crato diz que até quarta-feira chegam às escolas 800 docentes

O ministro da Educação e Ciência, Nuno Crato, disse esta terça-feira que até quarta-feira chegam às escolas cerca de 800 professores e que, "em princípio", a situação ficará resolvida esta semana.

"A nossa preocupação máxima neste momento é que cheguem à escola o mais brevemente possível os professores necessários para colmatar os horários que foram pedidos", afirmou Nuno Crato, à margem da conferência "O Futuro da Europa é a Ciência", que está a decorrer na Fundação Champalimaud, em Lisboa.

"Houve um erro ao início e isto atrasou este processo" , justificou o ministro quando questionado pelos jornalistas.

Quanto aos 150 professores que tinham sido colocados e voltaram a ficar sem trabalho, Nuno Crato referiu que as colocações resultaram de um erro que teve de ser corrigido.

"Tendo havido esse erro, esses professores foram colocados passando à frente de outros. É lamentável", disse, escusando-se a responder sobre as condições para permanecer no cargo.

Outras Notícias