Sociedade

Excluir dos concursos professores que chumbem na prova não é ilegal, diz ministro

Excluir dos concursos professores que chumbem na prova não é ilegal, diz ministro

O ministro da Educação, Nuno Crato, recusou, quinta-feira, as acusações do Bloco de Esquerda de que constituirá uma ilegalidade retirar dos concursos os professores que chumbem na prova de avaliação docente.

O Bloco de Esquerda alega, tal como já o fizeram os sindicatos, que não é possível retirar das listas dos candidatos a uma colocação nas escolas, nos concursos deste ano, os professores contratados que chumbem na prova, uma vez que esta foi marcada depois de ter sido aberto o concurso, o que representaria uma alteração das regras a meio do percurso.

Outras Notícias