professores

Governo propõe comissão para avaliar compensações a professores

Governo propõe comissão para avaliar compensações a professores

O ministro da Educação, Nuno Crato, revelou, esta quarta-feira, no parlamento que o Governo pediu ao Conselho Superior da Magistratura que designe um representante para uma comissão avaliar junto das partes eventuais compensações a professores lesados com erros nas colocações.

Esta foi a resposta de Nuno Crato à oposição parlamentar, que reclamou indemnizações para os professores lesados com contratações anuladas.

O ministro disse apenas que o objetivo do pedido ao CSM para designar um magistrado que presida a uma comissão que avalie eventuais compensações é resolver problemas "de uma forma célere".

Sobre os atrasos na colocação de docentes e as aulas que os alunos já perderam, o governante indicou que será feito um levantamento das horas letivas em falta junto dos diretores escolares, com vista ao acompanhamento dos estudantes.

Esta semana, serão concluídos mais dois processos de colocação de professores, após o que o número de docentes não colocados baixará dos atuais 150 para cerca de uma centena, afirmou o secretário de Estado da Administração Escolar, João Casanova de Almeida.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG