Sociedade

Ministro diz que Tribunal de Contas confirmou números da Parque Escolar

Ministro diz que Tribunal de Contas confirmou números da Parque Escolar

O ministro da Educação, Nuno Crato, referiu este domingo em Leiria que os números relativos à Parque Escolar, que apresentou no Parlamento, foram confirmados pelo Tribunal de Contas.

À margem da cerimónia de entrega dos prémios das XXX Olimpíadas Portuguesas de Matemática, que decorreram na Escola Secundária Domingos Sequeira, em Leiria, o ministro mostrou tranquilidade em relação ao facto de ser chamado ao Parlamento, juntamente com as antigas ministras da Educação Maria de Lurdes Rodrigues e Isabel Alçada.

"Ser chamado ao Parlamento para falar sobre a Parque Escolar ou sobre o que quer que seja é uma coisa que farei com todo o gosto. Já tive oportunidade de falar no Parlamento sobre a Parque Escolar e os números que apresentei foram confirmadíssimos pelo Tribunal de Contas, que agora veio explicar muito daquilo que se passava. Terei todo o gosto em acrescentar tudo o que puder", frisou Nuno Crato.

Segundo o titular da pasta da Educação, o Governo mantém a preocupação em melhorar os estabelecimentos de ensino do país. Nuno Crato reafirmou que as obras que estão em curso pela Parque Escolar "vão continuar" e as que estão planeadas para 2013 estão a ser "reavaliadas com vista a uma maior contenção de custos".

Nuno Crato recusou fazer qualquer comentário sobre a polémica da inclusão da expressão 'viva ao Benfica' na cantilena "Atirei o pau ao gato" de um jardim-de-infância da Ericeira, Mafra, que motivou a queixa de um pai ao Ministério da Educação, por desrespeitar a pluralidade de gostos. O ministro também recusou reagir ao comunicado enviado pela SAD do FC Porto, em que o clube condena "o proselitismo em escolas públicas", saúda "o civismo do pai" autor da queixa e critica o género de cantilenas naquele jardim-de-infância público.