Concelho Celorico de Basto

Pais de Celorico de Basto não deixam filhos ir à escola até quarta-feira

Pais de Celorico de Basto não deixam filhos ir à escola até quarta-feira

Os pais dos alunos que esta segunda-feira impediram o início das aulas numa escola de Celorico de Basto reafirmaram à Lusa, após uma reunião no agrupamento, que até quarta-feira os filhos não frequentarão o estabelecimento.

De acordo com um presidente de junta, que participou na reunião, os encarregados de educação do Centro Escolar de Gandarela de Basto exigem que as turmas deixem de integrar alunos de mais do que um nível escolar.

Daniel Meireles, autarca da freguesia de Basto. S. Clemente, contou à Lusa que os pais apresentaram uma proposta para que o número de turmas passe de seis para oito, o que permitiria "acabar com as turmas mistas".

O agrupamento foi informado que os encarregados de educação esperam uma resposta até quarta-feira à tarde. Caso aquela pretensão não seja correspondida, os pais reunir-se-ão naquele dia para decidir o que fazer.

Esta manhã, os pais impediram a abertura da escola, uma ação que foi apoiada por quatro juntas de freguesia do concelho de Celorico de Basto (Basto de S. Clemente, Vale de Bouro, Ribas, e União de Caçarilhe e Infesta).

O centro escolar tem 180 alunos, divididos por seis turmas.

Segundo o autarca, ouvido esta segunda-feira pela Lusa, 127 encarregados de educação subscreveram um documento de protesto.

ver mais vídeos