Sociedade

PCP acusa ministro de "covardia política"

PCP acusa ministro de "covardia política"

O secretário-geral do PCP considerou que o processo de colocação de professores transformou-se num "escândalo nacional" e acusou o ministro da Educação de "covardia política".

Já o deputado do PS, Acácio Pinto, considerou que a anulação do concurso de professores vai ter consequências "graves" e disse que o ministro da tutela, Nuno Crato, "está a mais" na Educação.

"Neste momento, em Portugal, não temos professores a mais, o que nós temos é um ministro da Educação que está a mais na Educação", criticou o deputado, reagindo à anulação das colocações de professores.