Matemática

Portugal conquista "resultado inédito" nas Olimpíadas de Matemática

Portugal conquista "resultado inédito" nas Olimpíadas de Matemática

O ministro da Educação e Ciência, Nuno Crato, felicitou, esta segunda-feira, a equipa que representou Portugal nas Olimpíadas Internacionais de Matemática pela conquista de uma medalha de ouro, uma de prata e duas de bronze, um "resultado inédito".

Nesta edição das Olimpíadas, que terminou na Argentina, esta segunda-feira, Miguel Santos, de 17 anos e aluno do 11.º ano da Escola Secundária de Alcanena, conquistou uma medalha de ouro, pelo segundo ano consecutivo.

A medalha de prata foi ganha por Miguel Moreira, do 10.º ano da Escola Secundária Rainha D. Amélia, em Lisboa.

João Lourenço, aluno do 12.º ano na Escola Secundária Filipa de Vilhena, no Porto, e Luís Duarte, do 11.º ano da Escola Secundária de Alcains, conseguiram medalhas de bronze, enquanto Francisco Andrade, do 9.º ano da Escola Secundária do Padrão da Légua, em Matosinhos, trouxe uma menção honrosa.

A equipa portuguesa integrava ainda Nuno Arala Santos, do 9.º ano do Colégio Nossa Senhora de Lourdes, no Porto.

A competição decorreu em Mar del Plata, na Argentina, e reuniu mais de 500 estudantes de 100 países.

A participação nas Olimpíadas de Matemática é organizada pela Sociedade Portuguesa de Matemática e a seleção e preparação dos alunos é realizada pelo Projeto Delfos, do Departamento de Matemática da Universidade de Coimbra.