Sociedade

Licenciados duplicam em dez anos

Licenciados duplicam em dez anos

Numa década, Portugal quase duplicou o número de licenciados, mas continua na cauda da Europa. Dizem os Censos 2011 que o país também está mais velho e concentrado no litoral. Excepto em 5 cidades resistentes: Bragança, Viseu, Castelo Branco, Évora e Beja.

Portugal conta, agora, com mais de 1,2 milhões de (pelo menos) licenciados, um aumento de 588 mil no espaço de dez anos, dizem os dados provisórios do Censos 2011, publicados esta quarta-feira pelo Instituto Nacional de Estatística (INE). A qualificação de nível superior de 12% da população é uma "boa notícia", reconhece Ricardo Charters d'Azevedo, especialista em educação já que "pessoas mais instruídas empurram a economia" e criam riqueza.

Leia mais na edição e-paper ou na edição impressa