Sociedade

Médias do Ensino Secundário sobem e chegam à positiva

Médias do Ensino Secundário sobem e chegam à positiva

Depois de quatro anos em queda, as médias dos exames do Ensino Secundário voltam a subir e chegam à positiva: de 9,15 em 2013, para 10,1 em 2014.

De acordo com os dados fornecidos pelo Ministério da Educação, mais de metade das secundárias do país conseguiu uma média positiva, quando no ano passado 80% das escolas registaram média negativa.

A escola que conquista, este ano, o primeiro lugar no ranking JN é o Colégio Manuel Bernardes, em Lisboa. A melhor escola pública é a Secundária do Restelo, também em Lisboa, que surge apenas no 30.º lugar do ranking.

A primeira escola do distrito do Porto é o Colégio do Rosário, que desce do 2.º para o 6.º lugar. A primeira escola pública do distrito é a Escola Básica e Secundária dr. Vieira de Carvalho, na Maia, no 40.º lugar do ranking.

O topo do ranking é mais uma vez dominado pelas escolas privadas, mas regista-se, ainda assim, uma melhoria na posição das escolas públicas: há 40 secundárias no top 100.

Na análise a cada uma das oito disciplinas consideradas para o ranking JN, constata-se que as escolas públicas apenas dominam o ranking em Matemática Aplicada às Ciências Sociais.

A melhoria nas notas dos exames alarga-se ao 4.º, 6.º e 9.º anos. No caso do 4.º ano, apenas 20% das 4454 escolas tiveram média inferior a 50%. Em 2013, tinham sido 41%.

No caso do 6.º ano, são ainda 28% as escolas com média negativa, enquanto no 9.º ano há 377 escolas com média negativa, face às 924 do ano passado. Neste Ciclo, o ranking é liderado pelo Colégio Nossa Senhora da Paz, no Porto. A melhor escola pública é a Escola Infanta D. Maria, em Coimbra, que surge no 25.º lugar.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG