O Jogo ao Vivo

Ensino Superior

Menos 1295 candidatos ao Ensino Superior na primeira fase

Menos 1295 candidatos ao Ensino Superior na primeira fase

A primeira fase do concurso nacional de acesso ao Ensino Superior, que terminou à meia-noite de sexta-feira, registou 45.383 candidatos, menos 1.295 do que no ano passado, segundo dados disponíveis na Internet.

Nesta primeira fase, que começou a 16 de julho e durou menos dois dias do que no ano passado, apresentaram-se menos candidatos do que em 2011, quando o número de candidatos foi dos mais baixos dos últimos anos.

Na altura, as autoridades explicaram a diminuição com o aumento do número de alunos que fizeram os exames do ensino secundário na 2.ª fase e que, por isso, não puderam candidatar-se na primeira fase do concurso, mas este ano todos os alunos do secundário foram, pela primeira vez, obrigados a fazer os exames na 1.ª fase.

Segundo os dados hoje disponibilizados no site da Direção-Geral do Ensino Superior, quase metade dos estudantes apresentou a sua candidatura em Lisboa ou no Porto: 25% dos candidatos apresentaram-se em Lisboa e 20% no Porto.

As instituições públicas de ensino superior universitário e politécnico abriram 52.298 vagas para o próximo ano letivo, menos 1.202 do que no ano anterior.

Segundo dados divulgados pela Direção-Geral do Ensino Superior (DGES), estas 52.298 vagas repartem-se por 28.553 vagas no universitário e 23.745 no politécnico.

Ainda de acordo com a DGES, esta redução do número de lugares "é inferior ao número de vagas que sobraram [7.884] no concurso" para o ano letivo 2011/2012.

PUB

Em 2011, e no final de todo o processo da 1.ª fase do concurso, houve um total de 46.678 candidaturas.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG