Sociedade

Nova prova de conhecimentos para professores realiza-se em janeiro

Nova prova de conhecimentos para professores realiza-se em janeiro

O ministro da Educação, Nuno Crato, afirmou esta quarta-feira que houve professores que foram coagidos a não realizar a prova de avaliação de conhecimentos para professores. A nova prova deverá ser realizada em janeiro, apontou o ministro. Veja aqui as provas (versão 1) (versão 2) e os critérios de correção.

O ministro, que começou por dizer apenas que a prova teria nova data marcada "em breve", admitiu de seguida que a "segunda chamada" aconteceria "muito naturalmente em janeiro", esclarecendo ainda que haverá lugar a nova inscrição para os docentes que não conseguiram fazer a prova e queiram fazer.

O processo ficará a cargo do Instituto de Avaliação Educativa (IAVE) e exclui qualquer novo pagamento de inscrição.

Em entrevista à RTP, Crato desvalorizou a controvérsia em torno da prova, salientando que, no futuro, a prova será "normal na função de professor", acrescentando que os protestos desta quarta-feira serão apenas "um acidente de percurso".

O ministro salientou que há "falhas na formação de professores" e que "as universidades e escolas superiores de educação tem critérios muitos diferentes" de exigência. Daí a necessidade de fazer uma avaliação de conhecimentos para os docentes.

No âmbito da formação de professores, o ministro quer ainda que se reforce a formação científica destes profissionais, principalmente na área do Português e Matemática.