Sociedade

Queixas de alergias na Uminho já duram há um ano

Queixas de alergias na Uminho já duram há um ano

Há pelo menos um ano que técnicos e alunos da Escola de Ciências da Universidade do Minho se queixam de alergias e náuseas. O acesso aos laboratórios foi condicionado, mas causas ainda são desconhecidas.

O assunto dos estranhos sintomas detetados em técnicos de laboratório da Escola de Ciências já era conhecido há pelo menos um ano, mas a multiplicação das queixas, após a explosão ocorrida há um mês no laboratório de Química Orgânica, trouxe o assunto para a praça pública e reforçou o clima de apreensão geral na UMinho.

Segundo informações confirmadas pela reitoria, Escola de Ciências e alunos, os primeiros casos de alergias alegadamente provocadas pela atividade em laboratórios apareceu há um ano. Foi aí que começou o plano de intervenção da reitoria, que pediu colaboração aos diretores de departamento da Escola de Ciências, no sentido de identificar procedimentos que pudessem estar na origem daqueles sintomas.

Leia mais na edição e-paper ou na edição impressa