Sociedade

Reitoria do Porto promete pronunciar-se sobre prova dos professores

Reitoria do Porto promete pronunciar-se sobre prova dos professores

Um grupo de professores licenciados na Universidade do Porto solicitou esta quarta-feira uma audiência com o reitor da Universidade do Porto (UP), exigindo conhecer a validade da licenciatura cumprida naquela instituição de ensino superior. "Se o diploma não servir para acedermos ao mercado de trabalho, como julgámos, vamos exigir a devolução das propinas", explicou ao JN, antes da reunião, o professor João Martins, licenciado pela Faculdade de Letras na UP.

O grupo de cerca de vinte docentes acabou por ser recebido às 16 horas pela vice-reitora da UP, Maria de Lurdes Fernandes, que lhes assegurou que a instituição irá "pronunciar-se publicamente sobre o assunto".

"Estivemos duas horas a discutir os pressupostos e as implicações da prova de avaliação de capacidades e conhecimentos (PACC) no diploma da licenciatura", revelou João Martins, confessando ter ficado "satisfeito" com o desfecho. "Temos a promessa de que a reitoria irá reunir com todas as faculdade da UP e avaliar a PACC. E que, depois disso, irá manifestar publicamente a sua posição".