O Jogo ao Vivo

Sociedade

Segurança Social vai atender estudantes na sede da Federação Académica do Porto

Segurança Social vai atender estudantes na sede da Federação Académica do Porto

O Instituto da Segurança Social vai passar a atender, na sede da Federação Académica do Porto, estudantes universitários que tenham necessidade de apoio social a nível familiar, disse esta quarta-feira o secretário de Estado Marco António Costa.

Em declarações aos jornalistas, no final de uma reunião, no Porto, com dirigentes da FAP, o secretário de Estado da Solidariedade e da Segurança Social classificou de "inovador" o serviço, que passa pela presença semanal, a partir da próxima semana, na sede da federação estudantil, de técnicos da Segurança Social.

"É preciso esta articulação, este apoio, que vai muito para além do que é a ação social escolar", disse Marco António Costa, alegando que a Segurança Social "pode e deve ajudar a resolver os problemas" que afetam as famílias dos jovens estudantes.

"Muitas das vezes, a desinformação e a falta de conhecimento dos mecanismos ao dispor são fatores que criam dificuldades e são inibidores do acesso aos apoios [sociais]", adiantou.

Marco António Costa admitiu ainda que o projeto com a FAP - entidade que representa cerca de 50 mil estudantes do ensino superior - "será extensível" ao resto do país e não implica financiamento por parte do Governo.

"[Em Portugal] temos muito a tentação de achar que tudo custa dinheiro, mas não vamos gastar um euro. Somos pragmáticos: antes de pensarmos em protocolos, já decidimos por a funcionar isto, colocar lá uma pessoa não custa nada, o técnico já existe, o espaço já existe" e a Federação Académica do Porto dá apoio administrativo, frisou o secretário de Estado.