Sociedade

Encontrada morta na casa onde vivia sozinha

Encontrada morta na casa onde vivia sozinha

Uma mulher de 56 anos dada como desaparecida há duas semanas foi encontrada morta, esta sexta-feira, no interior da casa onde vivia, sozinha, em Alpiarça, disseram fontes dos bombeiros e da GNR.

Patrícia Almeida, comandante do destacamento de Santarém da GNR, disse à Lusa que vizinhos comunicaram à guarda o desaparecimento da mulher, cujo cadáver foi encontrado já em decomposição.

Por ordem da procuradora do Ministério Público do Tribunal de Almeirim, o corpo, encontrado cerca das 19.40 horas, foi enviado para a morgue do hospital de Santarém, para serem determinadas as causas da morte e há quanto tempo estaria morta, afirmou.

Segundo disse, a mulher estava deitada na cama do quarto, num cenário sem qualquer sinal de violência, indiciador de que poderá ter morrido de causa natural.

O facto de a porta do quarto estar fechada terá impedido que os vizinhos tivessem sentido qualquer cheiro, adiantou.

A GNR tem estado a fazer diligências no sentido de apurar se existem familiares, sem sucesso até ao momento, disse.

"Na zona não são conhecidos familiares e temos estado a tentar através dos contactos" encontrados nos documentos, afirmou.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG