Euromilhões

Existem 116 milhões de chaves possíveis para vencer "jackpot" do Euromilhões

Existem 116 milhões de chaves possíveis para vencer "jackpot" do Euromilhões

Entre estrelas e números, o Euromilhões apresenta mais de 116 milhões de combinações possíveis. Esta sexta-feira está em jogo um "jackpot" de 190 milhões de euros, que será distribuído pelos segundo e terceiro prémios, se não houver vencedores do primeiro prémio.

Os 190 milhões de euros constituem o maior "jackpot" de sempre, permitido pelo novo regulamento do jogo em vigor desde fevereiro, e já eram o valor do "jackopt" da passada terça-feira, dia em que não foi registada nenhuma aposta com os cinco números e as duas estrelas sorteadas.

Segundo dados do Departamento de Jogos da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, para o sorteio da passada terça-feira, 7 de agosto - o sorteio 063/2012 -, foram registadas, em Portugal, apostas no montante global de cerca de 21,533 milhões de euros, o que constituiu o "maior volume de vendas", desde o lançamento do segundo sorteio do Euromilhões.

No ciclo de sucessivos "jackpots" das últimas semanas, que abrange 14 sorteios - do número 50 a 63 de 2012 - a Santa Casa da Misericórdia contabilizou 87545.236 de apostas, para um total de vendas de 175,090 milhões de euros.

As probabilidades de ganhar o Euromilhões são de uma para 116 milhões. Ou seja, para garantir o "jackpot" do Euromilhões era necessário fazer 116 milhões de apostas diferentes e gastar 233 milhões de euros, segundo contas de Teresa Alpuim, professora do Departamento de Estatística e Investigação Operacional, da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa.

De acordo com a professora, existem 116531800 combinações possíveis, partindo do princípio que se fazem apenas apostas simples de cinco números e duas estrelas.

Teresa Alpuim diz que com os cinco números é possível fazer 2118760 chaves possíveis e com as duas estrelas existem 55 combinações diferentes.

PUB

Entre estrelas e números, o euromilhões apresenta mais de 116 milhões de hipóteses. A dois euros cada aposta, seria preciso "investir" 233 milhões de euros para fazer todas as combinações possíveis.

Até agora, o maior "jackpot" atribuído em Portugal foi de 69 milhões de euros. O prémio foi atribuído em março do ano passado no distrito de Vila Real.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG