Sociedade

Fenprof de fora do acordo do Governo com sindicatos dos professores

Fenprof de fora do acordo do Governo com sindicatos dos professores

A Fenprof recusou, sexta-feira ao fim da noite, assinar um acordo com o Ministério da Educação sobre a avaliação, que foi apenas subscrito pela FNE, depois da discussão da posição assumida pelos docentes contra as quotas e a implicação nos concursos.

O ministro da Educação, Nuno Crato, marcou para as 24 horas uma conferência de imprensa, onde será assinado o novo modelo de avaliação dos professores, que foi subscrito por sete dos 13 sindicatos.

Mário Nogueira, da Federação nacional de professores (Fenprof), adiantou à Agência Lusa que a Federação recusou-se a assinar o acordo, uma vez que não chegou a entendimento com a tutela relativamente a pontos essenciais que defendia.

O sindicalista admitiu terem existido "avanços" na reunião com a tutela, mas que não foram suficientes para a assinatura de um acordo.