Sociedade

Frades de Braga dizem curar cancros mas negam milagres

Frades de Braga dizem curar cancros mas negam milagres

Eles dizem que curam cancros, úlceras, asma, casos de infertilidade e até tratam Trissomia 21, mas não vendem milagres. Quem procura os tratamentos não convencionais de três frades do convento franciscano de Montariol, Braga, tem de levar a alma cheia de fé.

Frade Perdigão é o responsável pela confecção do xarope de aloé, que cura ou retarda cancros, em especial de intestinos e de estômago. Milagre? "Claro que não, o segredo está todo nos poderes da planta", aloé arborensis, reconhecida mundialmente pelos seu poderes curativos. O xarope, feito à base da planta, que só floresce em Dezembro, e de mel, não funciona sozinho. Nas consultas de frei Henrique Perdigão, o doente vai embora com o xarope e uma palavra amiga. É que o frade descobriu que "andam por aí muitas mágoas" e o que as pessoas precisam de "uma palavra amiga e de ajuda espiritual". Conta com orgulho alguns casos de pessoas que os próprios médicos davam como perdidos e, hoje, recuperaram, mas recusa a palavra milagre: "Não o sei fazer".

Leia mais na edição e-paper ou na edição impressa.

Outras Notícias