Sociedade

Há quinze incêndios florestais activos no norte

Há quinze incêndios florestais activos no norte

A Proteção Civil nacional contabilizava, às 20 horas, 15 fogos florestais, todos no norte do país, incluindo um no Parque Nacional da Peneda-Gerês, num dia em deflagraram já 200 incêndios.

Os incêndios de Lousas, no concelho de Boticas (Vila Real), Fafiães, em Penafiel (Porto), e Currais, em Oliveira de Azeméis (Aveiro), eram os que mobilizavam mais bombeiros, com mais de 200 homens envolvidos no combate às chamas.

Também o fogo que lavra desde as 15.26 horas no lugar de Bouça-Mó (Parque Nacional Peneda-Gerês) suscita preocupação, mantendo-se uma frente ativa.

No local encontram-se 41 homens, apoiados por 11 veículos.

Os bombeiros já conseguiram dominar outros incêndios que deflagraram durante a tarde, entre os quais os de Várzea da Serra (Tarouca, Viseu), Sanfins (Braga) e Socorro (Paços de Ferreira, Porto).

Treze concelhos de cinco distritos de Portugal continental apresentavam hoje um risco "muito elevado" de incêndio, o segundo mais grave de uma escala de cinco, segundo o Instituto de Meteorologia (IM), que baseou os cálculos na temperatura do ar, humidade relativa, velocidade do vento e quantidade de precipitação.