Sociedade

Inalar sobremesas para evitar as calorias

Inalar sobremesas para evitar as calorias

Para quem tenta fugir às calorias mas não consegue resistir a uma boa sobremesa, eis que surge uma solução: um laboratório francês desenvolveu um aparelho que permite inalar sobremesas sem ingerir as calorias.

O aparelho, denominado "Le Whaf", foi criado pelo professor de Harvard David Edwards e desenhada pelo designer Marc Bretillot, com o objectivo de transformar os doces, inicialmente em estado líquido, em vapores que podem ser inalados, evitando, deste modo, a ingestão de calorias.

O líquido da sobremesa é colocado no aparelho, criando-se posteriormente uma nuvem que pode ser inalada. Tal é possível porque o engenho é um recipiente redondo de vidro, equipado com uma torneira que funciona como um filtro de água.

PUB

"Após as guerras, passámos a ter a necessidade de comer menos. Queremos menos calorias, mas cada vez mais prazer e sensações. Nesse sentido, o Whaf parece ser uma das respostas possíveis", explicou o designer à BBC Brasil.

Até o momento, as sobremesas que podem ser inaladas são apenas as tortas de limão e a tarte tatin (uma tarte de maçã invertida, com a massa para cima). As receitas possíveis foram adaptadas por Thierry Marx, um conhecido especialista francês da cozinha molecular. Mas a assessoria de imprensa do "Le Laboratoire" (que fabricou o aparelho) garante que outras receitas estão a ser elaboradas.

A previsão é de que o "Le Whaf" seja comercializado na França e, possivelmente noutros países, até o final deste ano. "A ideia é reduzir o tamanho do aparelho para facilitar o uso doméstico", justifica o laboratório.

O "Le Laboratoire" foi também o criador do "Le Whif", um pequeno inalador que cabe no bolso e permite respirar os aromas do chocolate sem ingerir calorias.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG