Sociedade

Bispo do Porto apela à participação ativa na cidadania comum

Bispo do Porto apela à participação ativa na cidadania comum

O Bispo do Porto apelou, esta terça-feira, à participação ativa na cidadania comum durante a homilia de Natal na qual lembrou que "apesar de inegáveis esforços oficiais e particulares" a sociedade portuguesa continua atingida por graves dificuldades.

"De ontem para hoje, é em 2012 que estamos e como estamos. Poucos dirão que estamos bem, ou como gostaríamos de estar, falando em termos gerais, sociais, familiares, profissionais. Apesar de inegáveis esforços oficiais e particulares, as dificuldades atingem gravemente a sociedade portuguesa e outras sociedades também", afirmou D. Manuel Clemente durante a celebração liturgia que decorreu, esta terça-feira de manhã, na Sé do Porto.

Apelou ainda à participação responsável na "cidadania comum", frisando que a "presente situação não se ultrapassará fora de uma ordem de princípios e valores em que verdadeiramente caibam todos os homens e o homem todo".

"E não nos deixemos tolher pela magnitude dos problemas e a perplexidade que provocam", assinalou o pároco que quis recordar outros tempos e outras sociedades que passaram, e ultrapassaram, períodos igualmente difíceis.

Manuel Clemente pediu por fim a cada um: "olhai em redor, em casa, na vizinhança, ou onde poderdes chegar, do modo que seja; reparai em algo a fazer, alguém a ajudar, caso a resolver; não deixeis acabar o dia sem terdes feito algo nesse sentido, pouco que seja; amanhã mais um passo".

"Este dia é belo demais para esperar outro ano", disse.