Igreja Católica

Bispo do Porto pede aos católicos para "dar lugar ao outro"

Bispo do Porto pede aos católicos para "dar lugar ao outro"

O bispo do Porto, Manuel Clemente, apelou, este domingo, aos católicos, numa missa pascal, que redobrem o seu espírito de entreajuda, "fazendo o bem" e "dando lugar ao outro" como resulta da doutrina cristã.

"Na comunidade cristã e ainda fora dela, na família, na escola e no trabalho, seja onde for e quando for, a evangelização só pascalmente acontece. Haverá evangelho onde houver vida oferecida, desapossamento de si, para dar lugar ao outro", afirmou o prelado.

Durante a homilia da Missa Estacional da Páscoa do Senhor, na Catedral do Porto, Manuel Clemente lembrou que é essa a mensagem que resulta, "urgência após urgência", dos Evangelhos, os escritos que contam a vida de Jesus, a fim de preservar os seus ensinamentos ou revelar aspectos da natureza de Deus.

De acordo com o bispo do Porto, para se cumprir a "narrativa de Jesus, "nunca por demais praticada", bastaria "demonstrar cada uma das bem-aventuranças, com o anúncio e a justiça que transportam, tão diversas dos cálculos mundanos".

As bem-aventuranças são nove ensinamentos que, de acordo com o Novo Testamento, Jesus Cristo pregou no Sermão da Montanha para ensinar e revelar aos homens a verdadeira felicidade.

"A justiça de Deus é a vitória da vida, como Jesus a conseguiu e a todos oferece. Tudo o mais ruirá, como ruiu na altura [da morte e ressurreição de Jesus] em incontáveis escombros de justiça e mentira", acrescentou.

Conteúdo Patrocinado