Sociedade

Fogo dominado na serra do Caramulo

Fogo dominado na serra do Caramulo

O incêndio que desde quarta-feira está a consumir mato na serra do Caramulo, em Tondela, envolvendo largas centenas de operacionais no seu combate, foi dominado às 19.09 horas desta sexta-feira, informa a Autoridade Nacional de Proteção Civil.

Às 19.30 horas, no local estavam 837 operacionais, entre os quais 630 bombeiros, apoiados por seis aviões bombardeiros apoiados por seis aviões bombardeiros.

Segundo a página da Autoridade Nacional de Proteção Civil na internet, o fogo tinha às 19:05 uma frente ativa.

A serra do Caramulo tem sido fustigada com vários incêndios este verão. No dia 22 de agosto uma bombeira de 22 anos morreu no combate a um incêndio que lavrava nesta serra do distrito de Viseu e outros seis bombeiros que integravam o grupo ficaram feridos, dois deles gravemente.

Dois dias depois, a 24 de agosto, uma viatura de combate a incêndios dos Bombeiros Voluntários de Algés sofreu um acidente em Tondela quando participava no combate ao fogo que lavrava naquele concelho, mas não houve feridos.

A 27 de agosto, um dos bombeiros que ficou gravemente ferido no dia 22 de agosto no combate a um incêndio na serra do Caramulo acabou por morrer.

A 29 de agosto, junto a esta serra, uma bombeira de 21 anos morreu no combate a um incêndio em São Marcos/Muna, no concelho de Tondela, e outros quatro ficaram feridos, dois gravemente. Três elementos do Grupo de Intervenção de Proteção e Socorro da GNR sofreram ferimentos ligeiros no mesmo fogo.

Este incêndio, que também foi hoje dado como dominado às 19:09, envolveu reforços de equipas de combate a incêndios florestais de vários distritos do país entre os quais Beja, Évora, Lisboa, Santarém, Leiria e Faro.

Na quinta-feira, o primeiro-ministro, o ministro da Administração Interna e o secretário de Estado da Administração Interna estiveram no Teatro de Operações.