Sociedade

Francisco George preocupado com surto infeccioso relacionado com pepinos

Francisco George preocupado com surto infeccioso relacionado com pepinos

O director-geral de Saúde qualificou, esta segunda-feira, de "muito preocupante" a situação na Alemanha, devido ao surto infeccioso provocado por uma bactéria em pepinos espanhóis contaminados.

"Estamos a trabalhar em rede com as autoridades europeias. A preocupação persiste, mas o problema circunscreve-se à Alemanha", disse Francisco George, em declarações à agência Lusa.

O surto infeccioso ligado ao consumo de pepinos espanhóis contaminados já provocou a morte de nove pessoas na Alemanha, segundo o último balanço, revelado no sábado.

Francisco George voltou a aconselhar "todos os portugueses que estiveram na Alemanha" a procurar cuidados médicos se apresentarem sintomas de gastroenterite aguda, como cólicas abdominais, diarreia com sangue, febre moderada e vómitos.

O director geral de Saúde sublinhou que "em Portugal não há conhecimento de qualquer caso suspeito".

Fonte da ASAE disse à agência Lusa que desde que o assunto foi conhecido, o organismo acentuou a fiscalização sobre estes produtos e não encontrou qualquer problema com os lotes fiscalizados.

A infecção resulta de uma variante perigosa da bactéria Escherichia coli, que as autoridades alemãs atribuem ao consumo de pepinos espanhóis contaminados.

A bactéria provoca lesões graves intestinais e renais, como a Síndrome Hemolítico Urémico.