Sociedade

Governo quer impedir corrupção na nova BT

Governo quer impedir corrupção na nova BT

O Ministério da Administração Interna quer limitar a presença de militares na nova Brigada de Trânsito a não mais que seis a oito anos, para impedir que se voltem a verificar esquemas de corrupção como a que veio a desencadear a Operação Centauro.

A comunicação foi feita, na segunda-feira, pelo Ministério da Administração Interna a responsáveis das associações, a propósito da reestruturação da GNR, que vai fazer regressar as brigadas. E se bem que o Ministério não tenha dado justificação para a limitação de tempo, vários setores da Guarda acreditam que a preocupação governamental seja impedir a corrupção.

Leia mais na edição e-paper ou na edição impressa