O Jogo ao Vivo

Sociedade

Já há falta de comida nas cantinas sociais

Já há falta de comida nas cantinas sociais

As cantinas sociais já não dão conta de todos os pedidos de ajuda. A tutela diz que não há listas de espera nem atrasos nos pagamentos a quem fornece estas refeições. As instituições contam outra história.

Garante fonte do Ministério da Solidariedade e da Segurança Social que "é dada resposta a todos aqueles que precisam", até porque "há um acompanhamento permanente da situação e em estreita colaboração com as IPSS". E se dúvidas houver quanto ao resto, "também não há atrasos no pagamento da tutela às instituições", assevera.

No terreno, as instituições que têm estas cantinas, no âmbito do Programa de Emergência Social, afirmam que não é bem assim. Só no Porto, por exemplo, a cantina social da Santa Casa da Misericórdia - que tem contrato com o Estado para o fornecimento de 65 refeições por dia - tem uma lista de espera de 20 famílias. António Tavares, o provedor, diz que "a Segurança Social já sabe".

Ler mais na versão e-paper ou na edição impressa