Sociedade

Mães com cancro levam gravidez até ao fim

Mães com cancro levam gravidez até ao fim

O cancro da mama está a aumentar 2% ao ano nas mulheres com menos de 40 anos. Mais raramente, surge na gravidez. Atualmente, há formas de tratar o tumor enquanto a mulher prossegue com a gestação.

Nos últimos cinco anos, o número de novos casos de cancro da mama em mulheres jovens cresceu 2% ao ano, de acordo com dados do Registo Oncológico Regional do Norte citados pelo diretor da Clínica de Mama do Instituto Português de Oncologia (IPO) do Porto. Não há uma explicação unívoca para esta tendência, embora haja vários fatores de risco associados, como a menstruação precoce, o uso prolongado da pílula, a maternidade tardia e o estilo de vida ocidental, sublinha Joaquim Abreu de Sousa.

Leia mais na edição e-paper ou na edição impressa.