Protesto

Militares preparam protestos para junho

Militares preparam protestos para junho

Os representantes dos militares protestaram, esta quinta-feira, em Lisboa, contra os cortes previstos nos respetivos subsistemas de cuidados de saúde e anunciaram estar a preparar uma "grande iniciativa" para junho.

Várias dezenas de militares concentraram-se em frente do Instituto de Apoio Social aos familiares da Armada e entregaram um documento ao chefe de gabinete do general-diretor da estrutura.

"Qualquer militar pode ser acionado disciplinarmente se negligenciar a sua condição física, de saúde, mental, moral, etecetera. Ora, só pode estar em condições se tiver um serviço efetivo e capaz de desenvolver esse trabalho", declarou Lima Coelho, dirigente da Associação Nacional de Sargentos.

Lima Coelho, também acompanhado pelo dirigente da Associação de Oficiais das Forças Armadas (AOFA), Manuel Cracel, sublinhou a especificidade do setor.

"Nós descontamos obrigatoriamente para o nosso sistema de saúde, e bem, porque a nossa condição assim o exige", concluiu.