Engenharia

Morreu Isabel Gago, a primeira professora portuguesa de engenheira

Morreu Isabel Gago, a primeira professora portuguesa de engenheira

O Instituto Superior Técnico anunciou, esta quarta-feira, a morte de Isabel Gago, a primeira mulher licenciada em Engenharia Química, em Portugal.

Segundo um comunicado da instituição, Isabel Maria Gago faleceu na terça-feira à noite, aos 99 anos.

Em 1939, Isabel Gago foi a primeira mulher a acabar o curso de Engenharia Química, no Instituto Superior Técnico (IST), onde entrou em 1933, e onde lecionou até 1984, quando se reformou, aos 70 anos, depois de ter sido a primeira mulher a assumir a docência, numa escola nacional de engenharia.

Na formação nesta área, em Portugal, Isabel Gago foi precedida apenas por Maria Amélia Chaves, a primeira mulher licenciada em engenharia, no ramo de Engenharia Civil, também pelo IST, em 1937.

No comunicado, o Técnico assinala que Isabel Gago desafiou "as normas sociais da época" quando "ousou ingressar no universo exclusivamente masculino da engenharia portuguesa".

Em março de 2011, Isabel Gago e Maria Amélia Chaves foram homenageadas pelo IST, no âmbito das comemorações do centenário da Universidade Técnica de Lisboa, que também lembrou, na altura, Sílvia Marília Costa, a primeira catedrática portuguesa em engenharia.

ver mais vídeos