Líbia

Papa Bento XVI preocupado com crise humanitária nos países em conflito

Papa Bento XVI preocupado com crise humanitária nos países em conflito

O Papa Bento XVI manifestou-se, este domingo, preocupado com a situação de conflito e tensão que se vive em países como a Líbia e o Paquistão, apelando à ajuda humanitária para os povos mais afectados.

Na habitual mensagem de domingo na Praça de São Pedro, no Vaticano, perante cerca de 50 mil pessoas, Bento XVI afirmou que segue "com grande inquietação as tensões que por estes dias se registam em diferentes países de África e da Ásia", citando em concreto os casos da Líbia e do Paquistão.

"Apelo à assistência e à ajuda das populações mais afectadas" na Líbia, disse o chefe máximo da Igreja Católica.

No caso do Paquistão, o Papa pediu respeito "pela liberdade religiosa", lembrando o ministro paquistanês das Minorias Religiosas, o cristão Shahbaz Bhatti, que foi morto a tiro na quarta-feira em Islamabad por extremistas islâmicos.

Shahbaz Bhatti, ferveroso defensor da minoria católica no Paquistão, foi assassinado numa altura em o Paquistão alterou legislação que prevê agora a pena de morte em caso de blasfémia.