O Jogo ao Vivo

Sociedade

Rosário Farmhouse reclama novas regras que abram a Europa aos imigrantes

Rosário Farmhouse reclama novas regras que abram a Europa aos imigrantes

A responsável pelo Alto Comissariado para a Imigração e Diálogo Intercultural apelou, esta quarta-feira, à criação de novas regras para gerir a imigração nos países europeus, promovendo uma abertura do continente que contrarie o envelhecimento da população.

"Quanto mais a Europa se fecha, mais redes de tráfico vão surgir. Parar o fluxo é impossível. Ninguém o para. Ou encontramos mecanismos a partir da origem, legais e que sejam fáceis ou as pessoas vão vir de forma desesperada e depois, como se vê, vão ser recebidas de uma maneira desumana", disse à Lusa Rosário Farmhouse, que critica em particular as condições de acolhimento dos imigrantes, como sucede na ilha italiana de Lampedusa.

"Achava eu que tínhamos chegado aqui a um patamar de direitos humanos mas o que é certo é que, ultimamente, estamos a fazer caminhos que achávamos impensáveis", afirmou, considerando que este é o momento para discutir novas políticas.

Um vídeo difundido terça-feira por uma televisão italiana e que mostra imigrantes no centro de acolhimento de Lampedusa a despirem-se e a serem desinfestados está a causar indignação, com o procedimento a ser comparado a um campo de concentração.

No que respeita à imigração, disse Rosário Farmhouse, Portugal pode ter um papel muito importante porque "tem sido sempre um exemplo", dentro da União Europeia, de humanismo e pode contribuir com legislação e "com o exemplo".

"A Europa tem de repensar o que quer da vida no futuro. É uma Europa que precisa de estrangeiros. É uma Europa muitíssimo envelhecida e que, se se fechar, vai morrer porque não tem sustentabilidade quer económica ,quer demográfica, disse ainda Farmhouse, sublinhando que a reflexão sobre o assunto é urgente.